Seguidores

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

A correia dentada quebrou e agora?

Quando a correia dentada se rompe pode ser por falta de manutenção preventiva contaminação da correia por óleo ou solvente ou manuseio errado da peça durante a instalação .
Se a correia quebrou não tem outro jeito , será preciso retirar o cabeçote que é a parte superior do motor para fazer a troca das válvulas danificadas
a correia dentada sincroniza o virabrequim (sobe desce dos pistões) com o comando de válvulas (abertura e fechamento das válvulas)   
Uma maneira mais simples de explicar o funcionamento : Imagine um pai empurrando seu filho em um balanço com uma determinada força , por algum motivo o pai dá dois passos a frente tanto o pai quanto a criança vão levar uma bela trombada.
 caso o pai de dois passos para traz  ele já não vai conseguir empurrar a criança com a mesma força .
Esse é basicamente o principio de funcionamento das correias de sincronismo de um motor  

toda correia deve ser inspecionada a cada 10.000 se a desgaste prematuro contaminação ou desalinhamento de alguma das polias
a troca deve ser feita a cada 50.000 junto com o rolamento tensor mesmo que ambos aparentem um bom estado

3 comentários:

  1. Legal.....muito boa a explicação....

    Ainda mais com os valores de kilometragem a ser inspecionada e a troca.

    ResponderExcluir
  2. Faltou dizer que não se deve comprar carros com correia dentada, pois já há um monte deles que não a usam, tem no lugar uma corrente de comando igual às de moto, que jamais quebra, e na prática não requer manutenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. na verdade isso é relativo não é por causa de uma correia dentada que voçe vai deixar de comprar um carro a troca da correia é um serviço basico de revisão como outro qualquer

      Excluir